Todos que possuem uma impressora precisam saber que é muito importante mudar os cartuchos de toner nos intervalos apropriados. Afinal, um cartucho pode produzir impressões em baixa qualidade quando começar a ficar sem carga.

Fique tranquilo! Seguindo algumas recomendações e diretrizes, dificilmente você terá que se preocupar com impressões de baixa qualidade (saiba também como garantir impressões gráficas de qualidade neste outro post).

Neste artigo, apresentaremos tudo sobre o momento certo de trocar cartucho da impressora. Continue a leitura e confira!

Qual é o momento de trocar o toner da sua impressora?

Aviso de baixa tinta

Muitas impressoras exibem indicações externas de baixa tinta ou toner em sua tela. Isso pode ser na forma de uma luz indicadora de status de “baixa tinta” ou “toner baixo”, ou uma série de luzes piscando que exigem que você consulte o manual para decifrá-las. 

Algumas impressoras incluem software que lança uma notificação pop-up na tela do seu computador quando os níveis de tinta ou toner são baixos.

Listras na impressão

Se os níveis de toner ou tinta estiverem baixos, as cabeças de impressão podem não ser revestidas uniformemente durante a impressão. Isso pode causar listras em documentos e imagens impressas, dificultando a legibilidade.

Cores desvanecidas

Outro sintoma de tinta baixa ou toner são cores desbotadas ou fracas. O brilho das cores pode diminuir ou elas podem mudar completamente, como o preto tornando-se cinza ou as cores verdes tornando-se mais azuis.

Perda de outras funções

Algumas impressoras all-in-one desativarão recursos como escanear ou enviar por fax se a tinta ou o toner estiver muito baixo. Isso ocorre porque essas opções são conectadas com as funções de impressão e a máquina não pode executar uma sem a outra.

Quantas vezes um cartucho de toner precisa ser substituído?

Na verdade, a maneira como você usa a sua impressora determina quanto tempo dura o cartucho. Quanto mais você imprimir e quanto mais toner cada uma das suas impressões utilizar, mais frequentemente você vai trocar. Então, em termos gerais, depende muito de como você o usa.

Como os fabricantes de impressoras não sabem o quanto você imprime, a classificação primária da vida útil do cartucho é feita em páginas. Por exemplo, um cartucho avaliado para render até três mil páginas terá o tempo de uso referente ao tempo que você demora para imprimir esse número.

Além disso, o tipo de página que você imprime também faz com que a vida útil do cartucho varie. Os fabricantes de impressoras contam quantas vezes um cartucho imprimirá um conjunto de páginas de teste, projetadas pela Organização Internacional de Padronização. Eles contam quantas páginas o cartucho vai imprimir tendo 5% de área impressa e 95% em branco.

Se a maior parte da sua impressão for metade das páginas de texto com dois espaços grandes, você provavelmente terá mais do que a vida nominal do cartucho. Por outro lado, se você imprimir muitas páginas com imagens, fotos e gráficos, substituirá o toner bem antes da vida “avaliada”.

Também está correto dizer que muitos cartuchos têm vida de prateleira. Isso porque, ao longo do tempo, os produtos químicos e outros componentes do toner podem deteriorar. Então, ainda que o rendimento da página seja um fator limitante, substitua o cartucho antes que ele vá além da vida útil indicada, mesmo que não o tenha usado por completo.

Como estender a vida do cartucho?

Algumas impressoras vão bloquear e se recusar a imprimir, uma vez que a luz do toner acenda, mas isso não significa que você não pode tirar mais algumas impressões boas.

Você pode tentar estender um pouco mais a vida do seu cartucho se abrir o compartimento da impressora e o remover. Você deve balançá-lo para a frente e para trás para redistribuir o toner restante, depois reinseri-lo. Isso pode garantir mais um ou dois dias de impressão, dependendo do quanto você use. É importante que nesse momento você já providencie um novo toner.

E se as impressões estiverem fracas com o cartucho cheio?

Naturalmente, para muitos de nós a primeira reação provavelmente será assumir que os níveis de toner estão baixos e, às vezes, podemos até estar corretos. Mas pode haver outra coisa que está causando problema no funcionamento da sua impressora e resultando nessas impressões fracas.

Algumas máquinas permitem que você altere as configurações de densidade do toner. Pode ser que a configuração padrão dela seja com “baixa densidade”, fazendo com que saiam essas impressões fracas.

Se a sua impressora tiver configurações de densidade de toner, você poderá encontrá-las depois de clicar em “Dispositivos e impressoras”. Se mostrar que ela está imprimindo com baixa densidade, aumente ligeiramente e teste novamente.

Outra coisa que pode afetar o desempenho da sua impressora é a umidade no seu escritório. Se ela estiver em local que tenha nível de umidade alto, pode haver mais trabalho para configurar o toner corretamente, causando impressões que parecem fracas e leves. Isso acontece porque a umidade faz com que o papel que você está imprimindo absorva água do ar ao redor, fazendo-o ondular ligeiramente e o deixando desigual.

Então, quando você tenta imprimir, o toner é distribuído incorretamente na página e você obtém impressões desbotadas e de baixa qualidade. Uma boa dica é abrir o pacote do papel com cuidado e, depois de retirar as folhas necessárias, lacrar novamente com uma fita adesiva.

Por que a impressora pede para substituir o toner prematuramente?

Se o seu cartucho terminar antes do final de sua vida nominal e você não estiver imprimindo no volume necessário para tal, pode ser um sinal de outro problema com a sua impressora. Em alguns casos, o pó de toner cobre o sensor que a impressora usa para ler o cartucho.

A entrada de toner na impressora também pode ficar obstruída, evitando que ela o retire do cartucho. Se você não tiver confiança para limpar a parte interna da sua impressora, procure um técnico para resolver esses problemas para você.

Como substituir o cartucho?

1. Anote a marca da sua impressora e o número do modelo

Antes de começar a mexer com a sua impressora, certifique-se de anotar a marca, o modelo da impressora e o número do cartucho (se você tiver) para garantir que faça a compra certa. Normalmente, o modelo do toner fica em uma etiqueta nele mesmo.

Se você não conseguir encontrar a marca da impressora ou o número do modelo, verifique o manual da impressora fornecido com a máquina.

2. Remova o cartucho antigo da impressora

A maneira correta de remover um cartucho de toner pode variar para cada impressora, por isso recomendamos que consulte o manual do usuário da impressora para obter instruções específicas sobre a remoção dele.

3. Desembale o novo cartucho

Retire cuidadosamente o cartucho da embalagem, siga as instruções dos informativos e remova qualquer fita protetora. Para ajudar, veja um vídeo em nosso canal que ensina esse processo.

4. Insira o seu novo cartucho na impressora

Consulte o manual do usuário para instruções específicas de instalação e para saber como trocar cartucho da impressora. Forçar incorretamente um cartucho pode resultar em danos irreparáveis ​​que lhe custarão muito mais.

Gostou do artigo? Então, não deixe de entrar em contato conosco e saiba como podemos ajudá-lo!