Quando compramos uma impressora mais avançada é porque queremos qualidade para os nossos trabalhos e praticidade no dia a dia, certo? Entretanto, muitas pessoas nem imaginam o quanto o equipamento é rico em detalhes e mecanismos que, depois de certo tempo, podem apresentar algum tipo de problema. 

E muitas vezes esses problemas nem são tão graves. Sabendo como proceder, você mesmo consegue fazer uma troca ou reparo, mas sempre seguindo as indicações do fabricante, é claro. Isso ajuda a evitar dores de cabeça que podem atrapalhar sua rotina.

Então, neste post vamos apresentar o cilindro de impressora, peça fundamental para que sua impressão não falhe e você possa ter praticidade e qualidade no cotidiano de trabalho. Confira!

O que é cilindro de impressora?

Também chamado de tambor fotocondutor, o cilindro é uma peça metálica que pode vir ou não acoplado a uma unidade de imagem. Esse cilindro é a peça responsável por receber a projeção da imagem e transferi-la ao papel.

Nesse processo estão presentes o cilindro, o toner, o rolo de pressão e o rolo magnético que agem por meio da eletricidade e do calor. Inicialmente, o cilindro recebe a carga elétrica — que é cancelada pela luz do laser. Por conseguinte, as partes que não recebem os raios do laser atraem os pigmentos do toner, formulando a imagem que se pretende imprimir. Pode-se dizer que o laser faz a “ilustração” no cilindro do que será impresso pouco depois. 

Para que serve essa peça?

A finalidade do cilindro é transportar o pó do toner para a folha. O processo ocorre devido à ação conjunta entre o cilindro, o rolo magnético, o cartucho de toner e o rolo de pressão da impressora. A ação entre esses quatro mecanismos resulta na impressão do que o usuário deseja. 

Quando trocá-la?

Geralmente na caixa da peça vem descrita a quantidade estimada de impressões que o usuário pode realizar. Atingido esse limite, alguns indícios de término do cilindro começam a aparecer na folha. Verifique os seguintes sinais que podem indicar a hora de trocar o cilindro da impressora:

  • listras, linhas que se sobrepõem às palavras ou imagens;
  • ausência de tinta em diversos pontos do papel;
  • manchas na impressão;
  • barulhos durante as impressões e sons estridentes.

Então, se aparecerem esses indícios, significa que a colaboração entre as partes responsáveis pela impressão não está ocorrendo de maneira adequada. 

Onde encontrá-la para reposição?

Após a constatação de que o cilindro realmente chegou ao fim, é preciso escolher um novo para substituição em sua impressora, porém a escolha deve ser cuidadosa, pois você precisa encontrar um modelo que seja compatível com o modelo da sua impressora. Procure os produtos que tenham qualidade e certificado, bem como o número máximo de impressões indicados na caixa. 

O cilindro de impressora é encontrado em lojas de equipamento de impressão. Por ser considerado uma peça importante no processo de impressão, opte por lojas que trabalhem com procedência e atendimento responsável e de qualidade.

Se ficou alguma dúvida sobre o que você leu, entre em contato conosco. Teremos satisfação em ajudá-lo. Até breve!